Partilhas sobre Paul Brunton realizadas em Figueira

Micha-El (Alan Berkowitz)

Janeiro de 2002 - Março de 2008



Durante minhas visitas à Comunidade Figueira em Minas Gerais, no Brasil, eu fui convidado pelo seu fundador José Trigueirinho Netto, a dar partilhas sobre Paul Brunton (PB) e seus ensinamentos. Essas partilhas eram traduzidas simultaneamente para o português. Trigueirinho, afavelmente, me cedia o espaço da sua partilha de quarta-feira à tarde e/ou da partilha de Domingo, para que assim eu realizasse esse trabalho. Ele sentava-se ao meu lado durante as apresentações, fazendo muitas vezes a introdução das mesmas.

Em Figueira, a palavra usada para descrever apresentação é "partilha", o que significa "compartilhar".

Durante o período em que essas partilhas foram sendo realizadas, eu me dei conta de que Trigueirinho estava me treinando. O processo se deu desta maneira: na primeira vez em que eu dei uma partilha em Figueira, nós concordamos com um tópico e eu passei um considerável tempo preparando-o. Depois, na seguinte visita ele me deu uma lista de perguntas, somente poucos dias antes da partilha, para que eu as respondesse. E então, na vez seguinte, as perguntas a serem respondidas me foram dadas somente no último minuto, sem que eu tivesse a oportunidade de preparar ou pesquisar sobre as mesmas. E finalmente, na última fase do treinamento, ele sugeriu que eu respondesse às perguntas feitas pelos presentes diretamente, as quais eram escritas em pequenos pedaços de papel e dadas a mim no início da partilha – esta é a forma usual das partilhas em Figueira. Através desse processo eu estava sendo treinado a responder intuitivamente às perguntas e a perceber que o conhecimento e a compreensão necessária para abordar o assunto estavam dentro de mim e que eu não necessitava preparação.

O local onde as partilhas se desenvolviam era bem amplo, com grandes portas e janelas para fora - para a Natureza, sendo que muitas vezes, durante as partilhas, podia-se ouvir o canto dos pássaros.

A tradutora para o português era a Marieta, a qual ficou conhecia mais tarde como Katarina.

Todas as partilhas estão disponíveis em inglês com tradução simultânea para o português; contudo as duas primeiras partilhas são oferecidas também no formato original, somente em inglês.

Vejam abaixo a lista das partilhas com uma breve descrição de seus conteúdos, bem como um breve relato de meu encontro com Trigueirinho durante sua visita à Paul Brunton na Suíça . E, no final, apresentamos uma seleção de alguns parágrafos retirados dos livros de Trigueirinho a respeito de Paul Brunton.



23 de Janeiro de 2002
Inglês com tradução ao português – (108 minutos)

(1) Introdução de Trigueirinho. Minhas impressões sobre Figueira. Minha relação com Paul Brunton e José Trigueirinho. Introdução à Paul Brunton e sua obra, bem como uma introdução à Anthony Damiani e a Comunidade Wisdom's Goldenrod. Orientações de como estudar os parágrafos de PB. (Tradução assistida por Morris Safdie).

3 de Fevereiro de 2003
Inglês com tradução ao português (92 minutos)

(2). Os ensinamentos de Paul Brunton no Caminho Breve. O Caminho Breve e o Caminho Longo. Apresentação e comentários sobre alguns parágrafos dos Notebooks

8 de Agosto de 2004
Haga Clic Aquí (43 minutos)

(3) Introdução de Trigueirinho. Dias antes dessa partilha, Trigueirinho apresentou-me esta lista de perguntas sobre Paul Brunton e seus livros:

     São os livros de Paul Brunton: Inspirados? Iniciáticos? Proféticos?

     Como deveríamos considerar os "Notebooks de Paul Brunton"? Como memórias? Testamento? Crônicas? Uma síntese filosófica?

     Em que medida essa obra é jornalística?

11 de Agosto de 2004
Haga Clic Aquí (36 minutos)

(4) Introdução de Trigueirinho. Trigueirinho me deu uma série de perguntas sobre a obra de Paul Brunton em relação à outras filosofias. Essas perguntas foram respondidas em parte com a apresentação da "Metafísica da Verdade" de Brunton:

     Há uma única Fonte de Sabedoria?

     Podemos encontrar em Platão, em Sócrates e no Hinduísmo aquilo que encontramos em PB?

     É somente a forma que é diferente?

     É a "Realidade Interior" de PB, em princípio, Cristianismo ou Hinduísmo?

Onde você colocaria a Yoga de PB no contexto das diferentes yogas?

19 de Fevereiro de 2006

(5) Não foi gravada. A partilha abrangia as seguintes perguntas feitas por Trigueirinho: Como PB aborda a questão dos extraterrestres? Como ele os vê? O que é a mente iluminada? Como as pessoas estudam no Centro Filosófico Wisdom's Goldenrod? Como os estudos são organizados?

14 de Março de 2007
Haga Clic Aquí (39 minutos)

(6) Perguntas feitas pelos presentes: Como pode-se viver de maneira espiritual quando vivemos no ambiente desafiador de uma grande cidade? Importância da prática espiritual disciplinada, exercícios de purificação e beneficiando-se com os desafios. O exemplo de PB. Os grupos espirituais e a necessidade de contato entre eles. Sobre o Centro Filosófico Wisdom's Goldenrod e seu método de estudo. Santa Sophia. Pergunta: O que acontece quando os grupos não estão em harmonia uns com os outros? Exercício para expandir a luz dos grupos espirituais até que eles se tornem um só.

16 de Março de 2007
Haga Clic Aquí (55 minutos)

(7) Resposta à pergunta sobre como estudar temas filosóficos. Fontes válidas de verdade em diferentes tradições e sobre a reminiscência de Platão. Razão como uma faculdade espiritual. Se o Sábio necessita usar a faculdade da razão. Síntese. Formas de verdade e a única verdade. A maneira de Anthony Damiani estudar filosofia. Grupo de estudo. O uso da razão para investigar a verdade. Uma história sobre PB e o chá. Semelhanças e diferenças entre Figueira e o Centro Filosófico Wisdom's Goldenrod. O desencarne de Anthony Damiani e a experiência de perder o instrutor. A relação do Dalai Lama com o Centro Filosófico Wisdom's Goldenrod. Perguntas dos presentes: Qual é a relação entre a razão e a intuição? Será que eventualmente abandonamos a razão? O desenvolvimento intelectual de PB.

17 de Março de 2007

Esta partilha, publicada pela Irdin Editora, está disponível para download sem custo algum em seu website sob o título "Autores": www.irdin.org.br (clicar no lado esquerdo em "Todos os Autores" e depois dê um clique em "Alan Berkowitz" CD 1900/1)

Haga Clic Aquí (74 minutos)

(8) Introdução de Trigueirinho. Reminiscências de Paul Brunton e as Ideias de Seus Notebooks. Temas incluídos: a organização das "Ideias" e a sua publicação na forma dos Notebooks; as várias faculdades humanas e seu desenvolvimento; a fusão das faculdades como Insight e o insight do Sábio. A abordagem usada no Wisdom's Goldenrod – de comparar as várias tradições filosóficas. A abordagem de PB sobre alimento e vegetarianismo. E também, minha resposta à pergunta de Trigueirinho: "Poderias falar para nós que tipo de vida se vive no Wisdom's Goldenrod"? Perguntas feitas pelos presentes, tais como: Qual é a relação de Paul Brunton com Jesus Cristo? Como Paul Brunton aborda o assunto da dieta? Como as pessoas comem no Wisdom's Goldenrod? Como o próprio PB se alimentava?

17 de Março de 2008
Haga Clic Aquí (75 minutos)

(9) Introdução de Trigueirinho. Comentários sobre PB e a eletricidade (em relação ao fato de ter faltado eletricidade antes da partilha). Minha experiência com PB e o silêncio em torno dele. Os Notebooks de PB e como eles diferem de seus primeiros livros. O estado não-dual, o estado último. Desenvolvimento da personalidade no caminho. PB como um "pesquisador" e a praticabilidade de PB. A vida como Sagrada. Como os Notebooks foram escritos. "A Yoga do Sorriso Libertador". Perguntas dos presentes: Como eram os grupos de PB e de acordo com você qual seria a percepção dele sobre Figueira? PB se referia sobre a transferência do Centro regente planetário para a América do Sul e sobre as diferenças do gênero masculino e o feminino? Qual foi a missão de PB? Onde é que PB vivia? PB era criticado? PB era guiado? Os Notebooks de Paul Brunton e as 28 Ideias.

18 de Março de 2008
Haga Clic Aquí (61 minutos)

(10). A primeira das partilhas apresenta uma visão geral das "Ideias" específicas ou "categorias" contidas nos Notebooks de Paul Brunton. Como PB recebeu e registrou essa informação. O que são as "Ideias" de Paul Brunton"? Uma visão geral da Categoria 16 dos Notebooks: "Os Sensitivos, Dinâmica e Perigos do Misticismo". Perguntas dos presentes: O que acontece se paramos de buscar por experiências místicas? Como nos relacionar com o sofrimento no caminho? é a distorção inevitável no plano material? Por que é que o ego é tão forte e problemático?

21 de Março de 2008
Haga Clic Aquí (75 minutos)

(11) O que é uma "Ideia" e de onde elas vêm? Como reconciliar a pessoa de PB com o seu aspecto de ser humano e o aspecto de PB que veio de Sirius? Uma visão geral de quatro ideias dos Notebooks relacionadas ao desenvolvimento dos veículos inferiores: o Corpo, as Emoções, o Intelecto e a Cura. Histórias do tempo em que compartilhei com PB. Uma visão geral das "Ideias" publicadas nos Notebooks. O alinhamento ou o "fluir" do Sábio. Perguntas dos presentes: Qual era a visão de PB sobre a sexualidade? Quais são as outras "Ideias" além das quatro que compartilhamos no dia de hoje? Como pensar corretamente? O que PB comia? A importância de ser vegetariano. Como trabalhar em nosso caráter?





Para mais informações sobre Trigueirinho, sua obra e Figueira consulte os seguintes websites:

www.trigueirinho.org.br/
www.irdin.org.br/
www.fraterinternacional.org/en/
www.comunidadefigueira.org.br/en/

Para mais informações sobre Paul Brunton e/ou o Centro Filosófico Wisdom's Goldenrod, consultar os seguintes websites:

www.paulbrunton.org
www.wisdomsgoldenrod.com
https://sites.google.com/view/pbpfbrazil




Trigueirinho e Paul Brunton. Meu Encontro com Trigueirinho

Paul Brunton foi um importante professor de Trigueirinho no início de seu trabalho como instrutor espiritual. Ele recomendava a todos seus estudantes novatos a leitura e o estudo dos livros de Paul Brunton e frequentemente se referia a ele em suas partilhas e livros. Trigueirinho requisitou uma entrevista com Paul Brunton em 1980, a qual lhe foi concedida. Naquela época eu estava em Vevey, Suíça por um período de duas semanas trabalhando como assistente de PB. Foi durante esse período que Trigueirinho teve sua entrevista com PB. Então, quando Trigueirinho chegou em seu apartamento, eles foram para a sala-de-estar e passaram o dia juntos, até ao anoitecer. Quando chegou a hora de Trigueirinho ir embora, eu o acompanhei até a estação de trem. Esse encontro com Trigueirinho "orquestrado" por PB, mudou minha vida e o curso de meu destino para sempre.

Trigueirinho sobre Paul Brunton

Texto retirado da edição em espanhol do "Glossário Esotérico", sobre os Notebooks de Paul Brunton.

Uma obra monumental, de raro valor filosófico, espiritual e humano, escrita ao longo de vários anos e publicada em 1984 em inglês. Foi traduzida para o espanhol pela Editora Kier (Buenos Aires): Sincronizada com arquétipos de padrões extraplanetários, mesmo quando abordam questões terrestres da humanidade, esta obra contém informações e instruções que nos levam a compreender a vida de uma forma mais vasta e profunda. Escrito por um homem sábio – Paul Brunton (1898-1981) – o qual se torna inteiramente humano em sua expressão e em seu serviço à humanidade. Paul Brunton "realiza no seu ser e em sua vida a possibilidade que temos para alcançar essa nobreza e auto perfeição". Foi ele assim descrito por seus editores da Larson Publications (Burdett, Nova Iorque), os quais são membros do Centro Filosófico Wisdom's Goldenrod (Valois, Nova Iorque).

Apresentada em dezesseis volumes compostos de breves reflexões, ela é dirigida a todas as pessoas, em diferentes estágios de desenvolvimento. Suas sugestões e afirmações podem ser entendidas em muitos níveis e de maneira que todas as pessoas possam absorver aquilo que corresponde a cada um.

Paul Brunton esclarece, revela, aponta e instrui com claridade, sabedoria e precisão sobre tópicos que são considerados normalmente complexos. A respeito de sua obra, ele faz uma observação:

"Não é pedido a ninguém obedecer às regras. Eu proponho apenas àqueles que em sua inteligência concordam ou aprovam. [...] apresentando uma ampla visão do mundo em uma frase curta, podemos confundir alguns leitores, mas iluminar a outros [...] é inevitável que essas ideias desconhecidas possam encontrar seu lugar na opinião pública somente gradualmente. " (The Notebooks of Paul Brunton, Volume VIII, Larson Publications, New York).

Para superar a influência do círculo zodiacal e libertar-se da esfera terrestre da vida, a consciência humana necessita do contato com os impulsos provenientes do nível monádico e das fontes cósmicas imateriais. Sendo isto verdadeiro , quando recebemos os ensinamentos, somente a energia irradiada por um adepto pode fornecer esse contato zodiacal. Há muito tempo atrás PB transcendeu os domínios do zodíaco e deste Sol. Sua interação com as energias de Sirius permitiu que o leitor estabelecesse ligações mais amplas com o nível supra mental. "Após a morte, eu serei levado para a minha estrela de origem, Sothis para os egípcios, Sirius para os ocidentais e finalmente, eu serei feliz [...]" Sirius, anteriormente chamada a estrela Cão, tem um significado simbólico: "ela representa o conhecimento oculto da verdade escondida", diz PB em seus Notebooks. E ele adiciona: "Eu me manterei na escuridão silenciosa e na inatividade externa, enquanto eu aguardo o momento no qual que por necessidade irremediável, serei aceito como eu sou e com as minhas próprias condições. Estes tempos não virão antes do Armageddon. " Para entender esta frase, é necessário considera-la a voz da sabedoria e da verdade e não a voz de um indivíduo. "Pode alguém saber algo de um outro para escrever a sua verdadeira biografia? Eu duvido completamente disso".

Texto de PB retirados do livro "Segredos Revelados":

"Um adepto, um membro da Fraternidade de Sirius, ele esteve encarnado na Terra durante este século. Antes de que sua consciência externa tenha sido completamente despertada para sua realidade interna, ele contatou muitas correntes de pensamentos filosóficos e religiosos da época, juntamente com iniciados, místicos e santos. Ele viajou até o lugar mais escondido do mundo, colhendo e plantando as sementes do sublime espírito de vida, até que ele desvendou para si mesmo os mistérios que só podem ser vistos por aqueles que levantarem suas mãos vazias para o Céu".

Nos textos de PB estão descritas revelações que no presente momento podem ser expressadas mais claramente. Apesar de ter deixado uma grande gama de manuscritos, sua tarefa foi uma tarefa interior, permitindo que as energias de Sirius fossem introduzidas na órbita da Terra e também nos níveis materiais. Suas ações eram profundas, elevando os subníveis do mental para a irradiação direta dos níveis mais amplos e criando assim um acesso para a ligação da alma com a mônada, para que então a mônada pudesse refletir-se externamente.

Ïmensurável são as consequências benéficas da presença de um adepto como PB em nosso planeta. A energia irradiada por ele é alimento do fogo da vida verdadeira. Não deixemos extinguir a energia, mesmo quando as forças de oposição tentarem desligá-la."